botafumeiro

Botafumeiro.

El botafumeiro ou Turibulum Magnum, é um gigantesco incensário ou o que na terminologia de rua seria um "lançador de fumaça" que provavelmente se acredita ter sido feito entre os séculos XII ou XIII, pois a data exata não é certa.

ALGO CHEIROU RUIM NA CATEDRAL DE SANTIAGO?

A sua realização foi ordenada para mitigar os odores acumulados no Catedral de Santiago, devido aos numerosos peregrinos que, terminada a peregrinação a Santiago de Compostela, ficaram a dormir no interior. Os peregrinos na época medieval usavam as mesmas roupas desde que começaram a peregrinação em sua cidade natal... Imagine o mau cheiro! Mais tarde, os peregrinos fizeram a Estrada para Finisterra, que se acreditava ser "o fim do mundo", e lá a tradição era queimar essas roupas.

O "perfume" que foi usado, para atenuar esse cheiro de correio, é o incenso, que é queimado por pedaços de carvão que são colocados no interior. É daí que vem a tradição deste magnífico incensário.

PARA QUE SERVE O BOTAFUMEIRO HOJE?

Actualmente, o uso do botafumeiro mudou completamente, passando a ser utilizado para dar solenidade às celebrações religiosas, entre elas, a celebração da missa das 12h00, (Missa do Peregrino) que é aquela frequentada pelo maior número de peregrinos quem termina o Caminho de Santiago de Sarria, que é uma das grandes atrações com que a Catedral de Santiago oferece aos seus visitantes.

QUANTOS BOTAFUMEIROS TEM A CATEDRAL DE SANTIAGO?

Durante todo o história do Caminho de Santiago, a Catedral de Santiago teve 4 queimadores de incenso. O primeiro deles durou até 1530, outro foi construído mais tarde, mas foi roubado pelos franceses em 1809, durante a invasão da Espanha. O terceiro botafumeiro foi utilizado até 1851, tendo sido pago pelo rei Luís XI de França.

Atualmente a Sé possui dois botafumeiros, que se encontram guardados na Biblioteca; o que costuma ser usado em todas as celebrações religiosas, é feito de latão, banhado a prata. Mede 1.60 metros e pesa cerca de 62 Kg. O outro botafumeiro é uma réplica, que foi presente dos alferes provisórios em 1971 e é utilizado caso o anterior esteja a ser reparado.

Dado o peso e volume do Botafumeiro, são necessárias 8 pessoas "tiraboleiros" para o seu funcionamento, por meio de um sistema de cordas e roldanas, produzindo uma "oscilação" ao longo do transepto longitudinal da catedral, que vai da Plaza de la Azabacheria até a Plaza de Platerias.

A sensação que se percebe é que a qualquer momento vai bater no telhado da Catedral ou quebrar a corda que a sustenta, fato que segundo a história, ocorreu duas vezes, uma delas quando Catarina de Aragão, futura rainha da Inglaterra, visitou a Catedral, antes de se casar, no ano de 1501 e a segunda, no ano de 1622, mas felizmente em ambos os casos, nenhum dano foi causado.

Botafumeiro-catedral-santiago-de-compostela

EM QUE DIAS VOCÊ PODE VER O BOTAFUMEIRO EM FUNCIONAMENTO?

É colocado em funcionamento em determinadas datas religiosas solenes, além de numerosas missas às 12h00 (Missa do Peregrino), embora nem todas, pelo que se o vir cruzar as naves do Catedral aproveite esse momento mágico e único. Há também datas no calendário em que seu funcionamento é estipulado, pois são dias especiais:

  • Epifania do Senhor (6 de janeiro)
  • Domingo de Páscoa
  • Ascensão do senhor
  • Batalha de Clavijo (23 de maio)
  • Festa de Santiago de Compostela (25 de julho)
  • Assunção da Virgem Maria (15 de agosto)
  • Festa de Todos os Santos (1 de novembro)
  • Festa de Cristo Rei
  • Imaculada Conceição (8 de dezembro)
  • Festa da Natividade (24 de dezembro)
  • Tradução do Apóstolo Santiago (30 de dezembro), nos anos Santos/Xacobeus
  • Liturgia da Missa comemorativa da abertura do Ano Santo/Xacobeu (31 de dezembro)

Para além destas datas indicadas, é possível vê-lo, em funcionamento, caso qualquer pessoa, grupo ou empresas para o Caminho de Santiago organizaram solicitá-lo, por ocasião de uma celebração especial, como a conclusão de uma peregrinação a Santiago, como agradecimento por esse efeito (este pedido tem um custo económico)

Até 2016, todas as sextas-feiras, na missa das 19h30, podia também desfrutar do “vôo” do incessante, promovido pela Câmara de Comércio de Santiago de Compostela.

Devido às obras de restauro realizadas na Catedral de Santiago nos últimos anos, não foi possível usufruir do espectáculo Turibulum Magnum, mas está prevista a sua disponibilização para os eventos comemorativos do início do Ano Santo 2021 (Tradução do Apóstolo, em 30 de dezembro e liturgia de abertura do Ano Santo, em 31 de dezembro), com a qual a Catedral volta a ter um dos seus principais símbolos para deleite dos peregrinos e visitantes de todo o globo.

todas as etiquetas
caminho do farol Igrejas do Caminho do Norte Mosteiro de Oseira cruz de santiago O que ver e fazer em San Sebastián Origem e história do Caminho de Finisterra Monumentos mais importantes do Caminho Inglês Os três túmulos do Apóstolo Santiago Cidades encantadoras Camino del Norte Comida Caminho de Santiago Hidratação Caminho de Santiago catedrais mais importantes do Caminho de Santiago os vinhos do Caminho de Santiago Vinícolas do Caminho Francês monumentos mais importantes do Caminho Sanabrés caminho de santiago da américa latina Monumentos Caminho Português Costa hora de fazer o Caminho de Santiago Caminho Português em grupo de Tui Que roupa usar para fazer o Caminho Caminho de Santiago para trás Caminho de Santiago organizado ou gratuito jogo de ganso Caminho de Santiago na Semana Santa Monumentos do Caminho de Finisterra Monumentos do Caminho Primitivo Monumentos do Caminho Português Símbolos do Caminho de Santiago Rituais do Caminho de Santiago Expressões do Caminho de Santiago praias da estrada norte laço e cabaça Mitos e lendas do Caminho de Santiago caminho da costa portuguesa a partir do porto Caminho de Santiago em grupo de Sarria monumentos do Caminho de Santiago del Norte o que ver na estrada norte Sorteio Caminho de Santiago o queimado Gastronomia francesa do Caminho de Santiago comer no Caminho de Santiago francês Caminho de Santiago para idosos O que ver no Caminho de Santiago Frances monumentos da maneira francesa Rotas do Caminho de Santiago na Galiza Ou Cebreiro O Cebrero Caminho de Santiago com a família Caminho de Santiago com crianças a fisterrana a muxiana a Catedral de Santiago de Compostela xacobean 2022 códice calixtinus Codex Calixtinus milagre do cebreiro Santo Graal Galego Os Templários e o Caminho de Santiago Cruz de Ferro vieira origem do Caminho de Santiago estacionamento Santiago de Compostela Ano jacobino 2021 cuidados com os pés Caminho de Santiago como treinar para fazer o Caminho de Santiago o que levar para o Caminho de Santiago Material da mochila do peregrino Credencial de peregrino Botafumeiro. cuidados com os pés Caminho de Santiago castelo ponferrada ano do jubileu ano franciscano fazer o caminho para Santiago Mosteiro de Sobrado dos Monxes alto do perdão porto do perdão monumento peregrino ferrol maneira inglesa de santiago excursões santiago de compostela Excursão costa da morte excursão rias baixas Calçado Caminho de Santiago mosteiro de santa maria la real manual do peregrino Dicas do Caminho de Santiago Sinalização do Caminho de Santiago seta amarela Caminho de Santiago concha de peregrino mosteiro suso mosteiro yuso San Millán de la Cogolla igreja colegiada san isidoro preparação física Caminho de Santiago Cruz de Ferro lenda de felicia da aquitânia lenda de santo ataulfo saint jean pé do porto